Faleceu o meu amigo Leopoldo Oliveira


Pouco passava da meia-noite de hoje quando um filho me deu a notícia do falecimento do meu amigo Leopoldo Oliveira, com 90 anos de idade. De manhã, procurei informar-me da hora do funeral, mas deparei-me com notícia de que já tinha sido ontem, pelas 16 horas. Fiquei triste por não ter acompanhado a família na hora derradeira da sua partida  para o seio de Deus. Apresento, por esta forma, as minhas condolências aos filhos e demais familiares, com a certeza das minhas orações pela sua alma. Ele agora estará com a sua Maria e seu filho Paulo no regaço maternal do Senhor da Vida.

Leopoldo Oliveira era um amigo com quem gostava de conversar, sobretudo quando abordávamos temas do passado e da sua vida, desde muito novo, marcada pela diabetes. Posso garantir, sem medo de errar, que faleceu o mais idoso e antigo diabético da Gafanha da Nazaré, graças, certamente, ao cuidado que mantinha na hora da alimentação e da medicação com insulina.
Um dia, quando descobri que eu próprio também era diabético, tipo dois, foi com ele que aprendi muito do que devia fazer para viver tranquilamente. Pela minha insistência, com perguntas e mais perguntas, ele repreendeu-me docemente: — Não tenha medo, que eu considero-me uma pessoa saudável, apesar de ser diabético desde os 21 anos, e sou muito mais velho do que você. E fiquei então mais tranquilo. Aliás, um médico que bem o conhecia, disse-me, para me tranquilizar, que o Senhor Leopoldo era realmente o mais antigo paciente da diabetes, «com todos os órgãos afinados». Daí, a sua longevidade, que o levou a estar entre nós, fisicamente, até aos 90 anos. Espiritualmente, permanecerá na nossa memória. 
A última vez que o vi, no Lar Nossa Senhora da Nazaré, testemunhei a sua amizade. Ao dar-lhe um abraço, o amigo Leopoldo chorou. Depois, mais calmo, disse-me que estava a ser bem tratado, mas que ficara comovido quando me viu. Seriam saudades das nossas conversas ali na zona em que sempre viveu, perto da igreja matriz. 
Paz à sua alma.

Fernando Martins

Comentários