quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Programa "Estrada Livre" com 13 anos de vida

Utentes podem denunciar 
problemas nas estradas portuguesas 


O Governo anunciou hoje [1 de agosto de 2005] a criação de um novo serviço que vai permitir a identificação de problemas nas estradas por parte dos cidadãos, através de um número azul ou pela Internet. O serviço, chamado "Estrada Livre", consiste na recolha, tratamento e resposta a situações anómalas que são comunicadas pelos utentes das estradas e autoestradas relacionadas com o estado de conservação e manutenção das vias, explicou António Laranjo, presidente da Estradas de Portugal (EP).
O projecto permite que os utentes participem danos nas vias, como buracos nas estradas, postes derrubados ou sinalização danificada, e recebam uma resposta no prazo de cinco dias. Paulo Fernandes, administrador da Portugal Telecom —  empresa associada ao programa —,  explicou que a operadora cedeu a custo zero o centro de atendimento telefónico para o número azul 808 21 00 00 e que suporta o valor adicional da chamada, que para o utente tem apenas o custo de uma ligação local.

NOTAS: 

1. Texto publicado em 1 de agosto de 2005, com  fonte no PÚBLICO;
2. Confesso que não sei se este programa ainda está em vigor e se resultou. Também reconheço que hoje talvez até nem seja necessário, pois todos nós sabemos protestar e informar em liberdade plena na hora certa. De qualquer modo, aqui fica esta recordação. 

Sem comentários: