terça-feira, 1 de maio de 2018

Hoje saí do trilho habitual




Hoje saí do trilho habitual que liga Aveiro à Gafanha da Nazaré. Quis repescar da memória a paisagem das salinas que semeavam, na altura própria, os cónicos montes de sal que emprestavam aos cartazes turísticos um desafio a quem nos visitasse. Aveiro e região lagunar tinham, realmente, uma paisagem única, com as salinas a servirem de janelas do céu. 
Não vi essa paisagem, mas a minha imaginação fez-me o favor de avivar a minha memória, levando-me lá para trás, quando de bicicleta ou motorizada circulava por estradas já quase ignoradas. Porém, ainda vi restos de palheiros e o azul vibrante da toalha de água que é de todos os tempos.

Sem comentários: