O "Cozido das Furnas" vai ser taxado por "panela"

Câmara Municipal da Povoação 
anunciou as tarifas para a confeção 
do cozido das Furnas



«Segundo a autarquia, "a partir de 01 de março serão aplicadas a tarifa de entrada, a tarifa de panela de cozido e a tarifa de estacionamento", mas os residentes nas Furnas estarão isentos.
"A entrada custará 50 cêntimos, por pessoa, com isenção a crianças até 12 anos, aos residentes na Freguesia das Furnas e a todos quantos possuam o Cartão Amigo do Parque da Direção Regional do Ambiente. Estão ainda isentos o portador do cozido, os Guias Turísticos, os empresários da restauração e dos táxis e os condutores de autocarros", adianta o município, numa nota.
No que toca aos cozidos, custará "aos particulares três euros por panela e os empresários da restauração pagarão 2,5 euros por panela".»

Li no DN

Nota: Do cozido das Furnas, em S. Miguel, Açores, tenho ouvido  falar há muito. Mais agora, que o meu filho João Paulo exerce por aquelas bandas a profissão de professor, Como não podia deixar de ser, perguntei-lhe há tempos como era o tal cozido, ficando eu com água na boca porque, não sendo um glutão, gosto de saborear iguarias típicas de diversas regiões, nem que seja simplesmente pão. Ora, tendo eu com a minha Lita programado uma visita a S.  Miguel, quando houver bom tempo, fiquei com apetite  pelo tal cozido que antes de ser servido é enterrado, como mostra a imagem, onde deve cozer com calor mas sem lume que se veja.
Ao ler esta notícia não pude deixar de refletir sobre os impostos, que chegam a tudo quanto possa render uns trocos às autarquias. Neste caso, porém, não atingirão os naturais e residentes nas Furnas. Valha-nos isso. 

Comentários