D. António Marcelino está um pouco debilitado



Quando procurava hoje, no Correio do Vouga, a habitual crónica semanal de D. António Baltasar Marcelino, Bispo Emérito de Aveiro, gesto que repeti vezes sem conta, deparei com uma informação, em nota de rodapé e com destaque, em que se dava conta do seu internamento hospitalar, desde a semana passada. Contactado pelo Correio do Vouga, D. António disse que tem estado a fazer análises, «desconhecendo no momento as causas da sua debilitação». 
Como o nosso Bispo Emérito é um homem de enorme capacidade e resistência, estou certo de que ultrapassará brevemente esta fase da sua vida, voltando o mais depressa possível ao trabalho, com o vigor que o caracteriza, a que nunca virou costas. 

Fernando Martins



Comentários