GAFe Bike Lab - Escola Secundária da Gafanha da Nazaré

A Nossa Gente: 
Espaço Bicicleta na Gafanha da Nazaré

Bicicletas na Escola Secundaria (foto dos meus arquivos)
Foto da agenda "Viver em... " da CMI

Neste mês de fevereiro, em que o Fórum Municipal da Juventude da Gafanha da Nazaré comemora mais um aniversário, dedicamos a rubrica “A Nossa Gente” ao GAFe Bike Lab e a todos os jovens, professores e restante comunidade educativa que dão corpo a este projeto.
Na origem deste processo está o reconhecimento da Câmara Municipal de Ílhavo de que a realidade da bicicleta na cidade da Gafanha da Nazaré é única, reconhecida aliás, em termos oficiais pelo INE, que em recentes levantamentos estatísticos efetuados constatou que esta cidade é onde mais se utiliza a bicicleta em Portugal nos percursos casa-trabalho e casa-escola (1.201 deslocações/dia), bem como o facto de, porventura, a Escola Secundária da Gafanha da Nazaré ser a escola a nível nacional, onde mais alunos, professores e funcionários usam a bicicleta, num total de cerca de 350 utilizadores diários. 
O GAFe Bike Lab pretende ser o embrião de um centro de prototipagem rápida (FabLab) com equipamentos, tecnologias e processos que tenham impacto na experimentação, inovação e fomento do empreendedorismo dos alunos, tendo por suporte a bicicleta e a mobilidade suave. Pretende ainda ser mais um instrumento da Escola Secundária da Gafanha da Nazaré para uma melhor educação e formação dos seus alunos, quer ao nível das competências formais, quer ao nível das competências informais dos seus alunos, com capacidade de promover projetos e dinâmicas que envolvam outros agentes da comunidade, escolas e entidades de Ílhavo e da região. Este espaço resultou de um desafio lançado pela Câmara Municipal de Ílhavo à Escola Secundária da Gafanha da Nazaré e em estreita articulação com a GAFe Bike Lab – Espaço Bicicleta na Gafanha da Nazaré Universidade de Aveiro, através da sua Plataforma Tecnológica da Bicicleta e Mobilidade Suave, tendo sido inaugurado a 27 de setembro de 2016.
No presente ano letivo, este projeto encontra-se em pleno funcionamento, sendo coordenado pelo Professor António Rodrigues. Ocupa já um espaço com mais de 30m2, especialmente equipado com ferramentas e outros equipamentos necessários à adaptação e reparação de bicicletas, à montagem de bicicletas e ao desenvolvimento de projetos inovadores. Este projetos são sempre perspetivados em colaboração com os professores das várias disciplinas, obedecendo a um plano de atividades definido em conjunto com os alunos. 
Recentemente, foi também adquirida uma impressora 3D fabricada por uma das empresas mais inovadores de Portugal e sedeada no Município de Ílhavo para suporte ao desenvolvimento dos projetos em curso. 
No corrente ano letivo, a temática central assumida pelo GAFe Bike Lab é a “segurança no uso da bicicleta”, pretendendo-se que os alunos abordem esta temática de forma diferenciada nas áreas disciplinares, conforme a adaptação da forma como as mesmas são lecionadas. Foram durante o mês de novembro entregues aos alunos 400 lâmpadas / leds de iluminação para as suas bicicletas com o apoio da Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré.
Já foram construídas duas bicicletas e até março serão construídas mais quatro. Estas, com componentes de bicicletas recuperadas de modelos inutilizados. Aposta-se na reciclagem para produzir velocípedes únicos. 
Atualmente, o GAFe Bike Lab conta com o envolvimento direto de 6 alunos no apoio da oficina aos utilizadores, quatro horas semanais de abertura. O espaço é usado para apoio a projetos de bicicletas personalizadas dos alunos, tendo sido feitas duas exposições na escola desde novembro.
Está também em curso o desenvolvimento de dois projetos escolares nas áreas curriculares do Curso de Eletrónica e Automação. São eles a construção de sensores e o fabrico de acessórios de bicicletas. 
O projeto tem sido divulgado na comunicação social com reportagens no Jornal O Ilhavense, Diário de Notícias, Jornal de Notícias e entrevista no Porto Canal.
No grupo de trabalho criado, e no sentido de uma aproximação real às necessidades de mercado e à inovação nesta área, estão envolvidas várias empresas e entidades que também têm dado o seu contributo e veem este projeto como percursos e fortemente inovador a nível nacional, estando todos de parabéns.

Fonte: Agenda "Viver em... " da CMI.

NOTA: Tudo o que é inovação e criativo tem de merecer o nosso incondicional apoio e aplauso. O corriqueiro não leva a parte nenhuma de interesse. Daí, portanto, as minhas felicitações para quem teve a ideia e a pôs em marcha. Pesou na concretização deste projeto a certeza de que a Gafanha da Nazaré  é a cidade de Portugal que mais utiliza a bicicleta no dia a dia. Os números são claros e as estatísticas pertencem ao INE.  
Os meus parabéns a todos os intervenientes. E por cá fico à espera de outras novidades neste âmbito. E noutros, como é natural.

Comentários

Anónimo disse…
Obrigado pela publicação, professor Fernando Martins! Sempre atento, para não variar...
António Rodrigues