Associações de Pais fundem-se na Gafanha da Nazaré


«No decorrer do presente ano lectivo, as associações de pais das escolas Básica e Secundária da Gafanha da Nazaré, após um processo de fusão, deram origem à Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas Básica e Secundária da Gafanha da Nazaré. Assim, encontra-se, actualmente, a desenvolver o seu trabalho “na prossecução dos supremos objectivos de promover uma comunidade escolar cada vez melhor”, explica o seu presidente, Hugo Coelho. Nestes pressupostos, a associação tem vindo a realizar diversas acções que, em conjunto com os seus parceiros - Agrupamento de Escolas da Gafanha da Nazaré, Câmara de Ílha­vo e Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, têm procura­do “contribuir para um univer­so educati­vo focado no futuro, na inovação e no empreendedorismo, procurando envolver o sistema educativo, tecido empresarial, comunidade e agentes autárquicos, seguindo as políticas educativas e territoriais”.»

Nota: Texto e foto do  Diário de Aveiro

Comentários

Hélder Ramos disse…
Não sabia que a moda dos agrupamentos já tinha chegado às AP... sinal de que, muito provavelmente, o trabalho de cada já não devia ter a expressão mais esperada. Uma comunidade escolar não deve absorver a ação de uma AP, em ordem a promover numa comunidade educativa («latu sensu») os valores mais identitários que norteiam os projetos de maior relevância. Pra mais, a fusão é em si um motivo muito mais técnico, administrativo (será?), quiçá de imagem pessoal ou corporativa, a ponto de relevar para segundo plano as questões pedagógicas que devem justificar as atividades de uma organização do género. Que tenha sido em boa hora, pelo menos...