Associações de Pais fundem-se na Gafanha da Nazaré


«No decorrer do presente ano lectivo, as associações de pais das escolas Básica e Secundária da Gafanha da Nazaré, após um processo de fusão, deram origem à Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas Básica e Secundária da Gafanha da Nazaré. Assim, encontra-se, actualmente, a desenvolver o seu trabalho “na prossecução dos supremos objectivos de promover uma comunidade escolar cada vez melhor”, explica o seu presidente, Hugo Coelho. Nestes pressupostos, a associação tem vindo a realizar diversas acções que, em conjunto com os seus parceiros - Agrupamento de Escolas da Gafanha da Nazaré, Câmara de Ílha­vo e Junta de Freguesia da Gafanha da Nazaré, têm procura­do “contribuir para um univer­so educati­vo focado no futuro, na inovação e no empreendedorismo, procurando envolver o sistema educativo, tecido empresarial, comunidade e agentes autárquicos, seguindo as políticas educativas e territoriais”.»

Nota: Texto e foto do  Diário de Aveiro

Comentários

  1. Não sabia que a moda dos agrupamentos já tinha chegado às AP... sinal de que, muito provavelmente, o trabalho de cada já não devia ter a expressão mais esperada. Uma comunidade escolar não deve absorver a ação de uma AP, em ordem a promover numa comunidade educativa («latu sensu») os valores mais identitários que norteiam os projetos de maior relevância. Pra mais, a fusão é em si um motivo muito mais técnico, administrativo (será?), quiçá de imagem pessoal ou corporativa, a ponto de relevar para segundo plano as questões pedagógicas que devem justificar as atividades de uma organização do género. Que tenha sido em boa hora, pelo menos...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário