Atentado ao Charlie Hebdo

A nossa solidariedade 
com todos os que lutam 
por uma sociedade livre, 
tolerante e fraterna

O mundo ficou sem palavras para classificar um crime hediondo contra um jornal satírico, atingindo mortalmente diretores e jornalistas. Foi um brutal atentado à civilização ocidental e seus valores de liberdade de expressão e à sua capacidade de acolhimento de gentes de vários quadrantes geográficos, ideológicos e religiosos. Uma civilização que trata como suas as pessoas que na Europa se instalam e onde podem professar a sua fé livremente, mesmo sabendo que em alguns países muçulmanos os cristão estão proibidos de viver os cultos ligados ao cristianismo. 
Sabemos que fiéis de Alá, os verdadeiramente crentes, também repudiam atos de violência, terrorismos e perseguições sanguinárias, mas também sabemos que os fanáticos, que deixaram o mundo livre de luto, não merecem tolerância, antes têm de ser perseguidos e castigados, com as armas da justiça ocidental, onde eles vivem, assentes no julgamento e na prisão.
A nossa solidariedade com todos os que lutam por uma sociedade livre, tolerante e fraterna.

Fernando Martins



Comentários