A Ria está mais limpa: A Gafanha já pode respirar mais fundo

A Gafanha pode respirar fundo e a ria está mais limpa… a bacia de contenção de lixiviados e a estação de tratamento estão prontas… estão, assim, finalizadas as obras da Bacia de Contenção de Lixiviados e a Estação de Tratamento, no Cais Comercial do Porto de Aveiro.
O sistema é formado por uma bacia de captação das águas, que envolve a zona do Petcoke, que escoa para depósitos, os quais drenam para dois tanques finais de sedimentação e tratamento dos efluentes É a última das obras reclamadas pela Associação para a Defesa dos Interesses da Gafanha (ADIG), para reduzir ao mínimo as emissões de partículas do Petcoke sobre a Gafanha da Nazaré e povoações a sul. 
Vem juntar-se às benfeitorias já anteriormente realizadas pela Cimpor e pela APA: A Barreira Eólica contra Ventos Dominantes, o Canhão de água vaporizada sobre a pilha de Petcoke na carga e descarga, navios de transporte mais pequenos e começo imediato da carga para camiões cobertos, cuidados com as gruas, paragem da movimentação com ventos mais fortes e a Estação de Monitorização da Qualidade do Ar Ambiente
É o culminar feliz dum sonho e dum direito dos gafanhões. Como diria António Gedeão: “Enquanto o homem sonha, o mundo pula e avança”…
É justo reconhecer a disponibilidade que a Administração da Cimpor e o atual Presidente da Administração do Porto de Aveiro sempre tiveram para dialogar connosco, por forma a "chegar a bom porto" na minimização dos problemas da poluição pelo Petcoke e Clinquer.
Agora é obrigatório continuar a seguir o procedimento já habitual no manuseamento dos referidos produtos, proporcionando à Gafanha da Nazaré e seus habitantes um ambiente mais saudável.

NOTAS:
1. Fonte: ADIG
2. Edição de Fernando Martins

Comentários