quinta-feira, 8 de junho de 2017

PRÉMIO CAMÕES PARA MANUEL ALEGRE


PORTUGAL 

O teu destino é nunca haver chegada
O teu destino é outra índia e outro mar
E a nova nau lusíada apontada
A um país que só há no verbo achar

Manuel Alegre,
in "Chegar Aqui"

Sem comentários:

destaque

EUGÉNIO BEIRÃO — “FINJO QUE SOU POETA”

“FINJO QUE SOU POETA” Finjo que sou poeta e construo flores de palavras que uso na lapela. Mas poeta eu não sou. Assomo apenas à janela...