É PRECISO DENUNCIAR IDEOLOGIA QUE EXPULSA A ARTE DA ESCOLA


«É "perverso", "merece atenção e denúncia" a "ideologia que se está a querer pôr na escola privada e pública de que a verdadeira educação é ensinar as disciplinas duras", como ciência, tecnologia, inglês e matemática, considera Manuel Pinto, professor catedrático da Universidade do Minho.
Como resultado, "há políticas públicas que procuram escorraçar do centro do ato educativo as dimensões das expressões das artes, da música, da dança", entre outras, bem como "outras componentes da educação que não são necessariamente aulas, e que são campo de expressão dos jovens, em tempos mais livres e menos formatados".»
(...)
«"Mas mais grave do que isto é que os próprios pais estão já marcados por esta ideologia e estão a fazer pressão sobre professores para não darem espaço e não valorizarem esse tipo de coisas", declarou o investigador na 13.ª Jornada Nacional da Pastoral da Cultura, que este sábado debateu, em Fátima, o tema "'Out of the box': A relação dos jovens com a Cultura".»

Fonte: Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura

Comentários

Hélder Ramos disse…
E ele já partilhou estas ideias na instituição em que trabalha? Deve haver muitas situações em que é exatamente nas experiências académicas que estas ideias se instalam, ganham espaço nos meios de comunicação social e vão chegando aos ouvidos e olhos de todos, dominando uma certa opinião pública imprudente. E o que afirmamos querer para os nossos? Queremos que tenham o melhor entre aquilo que parece muito bom, só que é muito do mesmo, porque é tudo muito oferecido...