Para afugentar o stresse


Neste dia de Carnaval, com alegria a rodos para imensas pessoas, haverá outras tantas que não vão nessas folias. Uma forma de afugentar o stresse pode levar muita gente a buscar no mar refúgio para desopilar. Sentados ou de pé, olhando o infinito, com a praia quase deserta a seus pés, é opção reconfortante. 
No fim da caminhada, o mar é, garantidamente, um desafio e uma preciosa ajuda para quem aprecia a natureza. Alguma agitação das águas, em pleno Inverno, oferece ao passante um espetáculo raro de espumas que tentam saltar das águas salinas. Tudo para ver. Tudo para meditar.

Comentários