Filarmónica Gafanhense celebra o seu 180.º aniversário


No próximo dia 23 de outubro, a Filarmónica Gafanhense, também conhecida por Música Velha, vai celebrar o seu 180.º aniversário, com um programa simples mas expressivo. Para assinalar o facto, sobressai a apresentação de um fardamento novo, que importou em 15 mil euros, comparticipados por diversas entidades públicas e privadas, bem como pelo resultado de eventos levados a cabo pela associação musical que ao concelho de Ílhavo muito tem dado ao longo da sua história.
As cerimónias iniciam-se com uma romagem ao cemitério da Gafanha da Nazaré, pelas 10h, na qual se integram os corpos sociais, membros da Filarmónica e amigos, para assim prestarem singela mas significativa homenagem aos que, dando o melhor de si à Música Velha, não podem nem devem ser esquecidos nesta data marcante.
Às 11h15 a Filarmónica Gafanhense participa na Eucaristia dominical e pelas 16h haverá um concerto no Centro Cultural da Gafanha da Nazaré, com a apresentação do novo maestro. Às 19h, no Stella Maris, será o jantar aberto a sócios, simpatizantes e amigos da banda.
Na primeira parte do concerto, os executantes apresentar-se-ão com o fardamento antigo e na segunda parte com o fardamento acabado de adquirir, que será de cor azul mais escura.
Entretanto, e como tem vindo a ser noticiado, a Escola de Música Gafanhense já foi integrada na Filarmónica Gafanhense, por se tornar incomportável a existência de duas escolas de música do mesmo género na Gafanha da Nazaré. Há neste momento cerca de 30 alunos para todos os instrumentos próprios da banda, havendo também aulas de piano.
A Filarmónica comprou recentemente um carrilhão que importou em 3300 euros e, ainda, flautas transversais e uma trompa que custaram seis mil euros.

Comentários