«Fraternidade» é única resposta ao ódio e à violência, defende Francisco

Nada justifica o sangue dum irmão


«O Papa Francisco disse hoje na Polónia que é impossível vencer o ódio e o terror com “mais violência” e convidou os jovens católicos de todo o mundo a promover a “fraternidade” como resposta ao mal.
“Não queremos vencer o ódio com mais ódio, vencer a violência com mais violência, vencer o terror com mais terror. A nossa resposta a este mundo em guerra tem um nome: chama-se fraternidade, chama-se irmandade, chama-se comunhão, chama-se família”, defendeu, durante a vigília de oração que reuniu mais de 1,5 milhões de pessoas durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ).»

Ler mais na Ecclesia 

Comentários