Postal Ilustrado — Faina Maior

Monumento comemorativo dos 110 anos 
da restauração do município


O conjunto escultórico comemorativo dos 110 anos da Restauração do Município de Ílhavo está situado da Rotunda Sul do Nó 3 da A25, junto à Friopesca, e foi inaugurado em 18 de janeiro de 2009. Denomina-se Estátua da Faina Maior e tem como autor o artista ilhavense António Neves. 
O conjunto retrata, com traços figurativos, estilizados, cenas dos nossos quotidianos inspirados no Farol da Barra, o mais alto de Portugal e um dos mais altos da Europa, e nos pescadores, mas ainda no bacalhau, velas e antigos lugres bacalhoeiros.
Este monumento, que se integra na identidade do nosso município, que tem “O Mar por Tradição”, valoriza a epopeia vivida pelos nossos antepassados nos mares gelados da Terra Nova e Gronelândia, ficando como marca indelével, tanto para as nossas populações como para quem nos visita, passando pela via rápida que conduz às praias ou delas regressa às suas terras.
Paralelamente, pode acrescentar-se que o conjunto escultórico constitui um ponto de encontro entre as duas cidades do município, Ílhavo e Gafanha da Nazaré, bem como da entrada do Porto de Aveiro, localizado na Gafanha da Nazaré. 
Refira-se também que o município de Ílhavo foi extinto e integrado no de Aveiro em 21 de novembro de 1895, como diz o decreto de 23 de novembro do mesmo ano. Posteriormente foi restaurado em 13 de janeiro de 1898, como refere o decreto de 15 de janeiro do referido ano, dando-se razão aos ilhavenses que desde a primeira hora contestaram a integração no município aveirense, denunciando a injustiça. 

Fernando Martins

Comentários