Música na Matriz da Gafanha da Nazaré

Concerto de Ano Novo da Filarmónica Gafanhense


Realizou-se no domingo, 3 de janeiro, pelas 16 horas, na Igreja Matriz da Gafanha da Nazaré, o já habitual concerto de Ano Novo da Filarmónica Gafanhense, também conhecida por Música Velha, dirigido pelo maestro Jorge Paulo Margaça, professor do Conservatório de Aveiro. Trata-se de uma iniciativa promovida pela banda, a cuja direção preside Carlos Sarabando Bola, dedicada a todos os amantes da música, em especial, familiares e amigos das dezenas de executantes e alunos, dirigentes e professores desta muito antiga instituição do nosso concelho.
Apresentando-se com segurança e harmonia, a Filarmónica interpretou a Grande Marcha de Soichi Konagaya, a Abertura Quo Vadis de Salsola, Ivanhoe de Bert Appermont, entre outras peças do seu reportório, culminando a sua atuação com uma peça para Trompetes e Banda escrita pelo compositor Robert Allmend, intitulada Formation-Flight.
Antes da apresentação da Música Velha, exibiram-se alunos e executantes das escolas da instituição, nomeadamente, Trio de Flautas, Grupo de Clarinetes, Quarteto de Trompas e, ainda, a Banda Juvenil e o Coral Infantil, sob a direção de Ricardo Mendes, que interpretaram o tema “Somos Crianças”, da autoria do maestro Jorge Paulo Margaça.
A Filarmónica Gafanhense apresentou, durante o ano de 2015, quatro concertos no Concelho de Ílhavo e dez em várias localidades do país. 
Importa sublinhar que predomina a juventude na Música Velha, havendo na instituição dez professores para o ensino da música e formação instrumental, o que garante o futuro da banda. Sobre o Coral, o presidente da Filarmónica Gafanhense adiantou que nesta altura está em fase de reestruturação.
Marcaram presença neste concerto o presidente da câmara, Fernando Caçoilo, os presidentes das juntas de freguesia das Gafanhas da Nazaré e Carmo, respetivamente, Carlos António e Luís Diamantino, e de São Salvador, João Campolargo, bem como os priores Padre César Fernandes e Padre Pedro José Correia.

FM


Comentários