Ecologia — Tenho orgulho nos meus conterrâneos!

Crónica de Maria Donzília Almeida


A primeira vez que ouvi falar no tema, remonta à década de 60 do século passado, nos meus estudos de Zoologia. Era objeto de estudo o coelho e a dada altura a professora referiu as adaptações ecológicas do mamífero. Ninguém na altura conhecia o termo e eu gostei de imediato…foi quase um amor à primeira vista.
Ecologia é um ramo da Biologia que estuda as relações entre os seres vivos e o meio ambiente onde vivem, bem como a influência que cada um exerce sobre o outro.
A palavra Ökologie deriva da junção dos termos gregos oikos, que significa “casa” e logos, que significa “estudo”. Foi criada pelo cientista alemão Ernst Häckel e se a princípio foi um termo científico de uso restrito, entrou na linguagem comum nos anos 1960, com os movimentos de caráter ambientalista. Era eu uma teenager.
O conceito de Ecologia Humana designa o estudo científico das relações entre os homens e o meio ambiente, incluindo as condições naturais, as interações e os aspetos económicos, psicológicos, sociais e culturais.
A preservação e conservação do ambiente natural das diferentes espécies são conceitos de grande importância quando envolve as relações entre o homem e a biosfera.
A Ecologia também se encarrega de estudar a abundância e distribuição dos seres vivos no planeta Terra. 
Esta ciência é de extrema importância, pois os resultados de seus estudos fornecem dados que revelam se os animais e os ecossistemas estão em perfeita harmonia. Numa época em que o desmatamento e a extinção de várias espécies estão em curso, é de reconhecer e louvar o trabalho dos ecologistas.
Através dos estudos da Ecologia, o homem pode planear ações que evitem a destruição da natureza, possibilitando um futuro melhor para a humanidade. 
Teofrasto, botânico e filósofo grego do século III a.C., é considerado o primeiro ecologista da história a pesquisar as relações entre os organismos e suas relações com o meio ambiente.
Para os católicos, São Francisco de Assis é considerado o patrono da Ecologia. Tinha um amor extremado a todas as espécies animais e à natureza. Ainda não existia o PAN…
Sendo eu fã da Ecologia, devo referir a minha admiração e louvor a todos os que defendem os seu valores e promovem as boas práticas. 
Na nossa vila, da Gafanha da Encarnação, até as organizações desportivas defendem estes ideais. E… poder-se-á afirmar que o nosso povo tem uma criatividade/imaginação prodigiosas!
Tenho orgulho nos meus conterrâneos!


Comentários