Bolacha Americana



Sou do tempo da Bolacha Americana que se vendia nas praias no verão como doce sempre apetecido. Depois a venda passou a ter lugar cativo nas grandes superfícies, que garantiam a comercialização durante todo o ano. Só no verão não dava para viver. E pelo que tenho visto não faltam os clientes, com "raiva" minha porque não a posso comer. A diabetes a isso obriga. 
Hoje o vendedor da bolacha americana saiu à rua, mesmo em tempo de inverno, curiosamente sem muito frio. E à falta de um bom amplificador de som, moderno e sofisticado, o vendedor usa as mãos para projetar a sua voz o mais longe possível. Bom apetite para quem puder comer a bolacha estaladiça e doce... muito doce.

Comentários