“Pássaro de Seda” — Um espaço de bom gosto

Maria João, à esquerda, com uma colaboradora

O prometido é devido. Havia garantido à Maria João Cravo, do “Pássaro de Seda”, que um dia passaria pelo seu espaço de arte e bom gosto, na Rua Direita, em Aveiro. Tardei na visita, mas hoje aconteceu graças ao convite do meu filho Fernando, que me arrancou da sesta para o acompanhar. Aceitei o desafio com a condição de entrar, em primeiro lugar, no “Pássaro de Seda”. Assim foi.
Confesso que não fiquei surpreendido pelo ambiente acolhedor com que a Maria João Cravo recebe quem entra na sua loja. Tem um sorriso que cativa os eventuais compradores das suas belas criações, já com projeção para além fronteiras. Vários prémios fazem parte do seu currículo, porque não se fica pelo artesanato quantas vezes sem expressão. 
A Maria João, contudo, sabe que um espaço destinado ao público dos nossos tempos, exigente e sabedor do que quer, não pode limitar-se a um tipo restrito de oferta. «Ter peças só minhas é dar um tiro no pé», disse. E acrescentou: «Na minha loja há várias marcas, todas portuguesas, porque assumi isto como ponto de honra.» E não faltam produtos biológicos para os mais exigentes.
Olhei à minha volta. O espaço não é muito grande, mas dá para perceber que existe sensibilidade na oferta. 



Maria João 



Refere a Maria João que procura apresentar peças «que nos levem ao nosso imaginário», uma mais-valia para muito boa gente. Os Corações de Viana e Chita que uma modista usa na confeção de roupa, com a marca de “Pássaro de Seda”, o Sabão de uma fábrica tradicional de cosmética, a “Só Sabão”, entre outros produtos.
Vimos ainda o Capote Alentejano de “Capote’s emotion”, Botas da “Green bootes” e Cestas de Junco do Toino Abel (nome que é uma homenagem ao avô do criador da marca).
Como curiosidade, para mim, registei golas para complementar vestidos e camisolas, para meninas e senhoras, também de “Pássaro de Seda”, bem como almofadas de trigo e alfazema para aquecer no micro-ondas para relaxar. Tenho para mim que as pessoas nervosas, inquietas, stressadas ou ansiosas adormecem mais tranquilamente com aquelas  almofadas. Para confirmar, temos de experimentar.
Votos de bom Natal e de um ano de 2016 mais feliz é o que desejo a quem aposta na criatividade e na sensibilidade como a Maria João Cravo do “Pássaro de Seda”.

Fernando Martins

Comentários

A. Cravo disse…
Que o espírito empreendedor e obstinado da Maria João Cravo a conduza nas asas do Pássaro de Seda, aos mais altos voos!
Anónimo disse…
E há de conduzir, certamente. Ela tem garra, gosto e é dotada de um elevado sentido estético! Força, Mª João!