O mais recente livro de Georgino Rocha

“Igreja Sinodal 
— A alegria da missão na sociedade secularizada”


Georgino Rocha, padre da Diocese de Aveiro e docente universitário, mas também colaborador semanal do meu blogue Pela Positiva, vai lançar amanhã, 2 de dezembro, no CUFC (Centro Universitário Fé e Cultura), o seu mais recente livro, “Igreja Sinodal — A alegria da missão na sociedade secularizada”. A sessão, que será presidida por D. António Moiteiro, terá lugar às 21 horas, contando com a participação de Júlio Pedrosa, que foi Ministro da Educação e Reitor da Universidade de Aveiro, e de Cláudia Ventura, dirigente da JOC (Juventude Operária Católica), ambos participantes no Sínodo Diocesano da Igreja aveirense (1990-1995).
Georgino Rocha, conhecedor como poucos da Igreja de Aveiro e dos seus projetos pastorais, culturais, sociais, e não só, com intervenções em diversos setores da vida eclesial, tem publicado vários livros, fundamentais para quem se interessa pela ação e formação das comunidades e instituições católicas da diocese, revestindo-se de indiscutível oportunidade.
Recorda o autor que as disposições sinodais, aprovadas no final dos trabalhos, em 1995, foram entregues a toda «a Igreja diocesana para que robusteça continuamente a fé dos seus membros e das suas comunidades, instituições e movimentos, e esteja mais presente e ativa no mundo atual, sobretudo nos centros de maior influência e irradiação».
A obra é publicada pela Tempo Novo Editora, da Diocese de Aveiro.

Comentários