A nossa gente: Carlos Sarabando Bola

Carlos Sarabando


Neste mês de janeiro, em que se comemora o 2.º Aniversário do Fórum Municipal da Maior Idade, dedicamos a rubrica a “nossa gente” a Carlos Sarabando Bola, um Maior do nosso Município com uma vida de 75 anos verdadeiramente preenchida.
Carlos Sarabando nasceu a 20 de julho de 1939 na Gafanha da Nazaré. Oriundo de uma família numerosa, Carlos Sarabando concluiu o ensino básico e, com apenas dez anos foi trabalhar para uma marcenaria para ajudar os pais no sustento da família. Seguiu-se um trabalho nas obras, mas por pouco tempo.
Naquela altura, o sonho de Carlos Sarabando era ser mecânico. Em 1952, com apenas 13 anos de idade, foi trabalhar para a Metalomecânica, Lda., em Aveiro, desempenhando vários ofícios, desde a limpeza de peças vindas da fundição, até ao trabalho nos tornos mecânicos, como ajudante de torneiro. No início de 1954, Carlos Sarabando passou para o escritório da referida firma, onde iniciou a sua atividade de escriturário. Em agosto desse ano, foi transferido para a empresa de João Maria Vilarinho, onde ocupou a categoria de Chefe de Escritório estando ao serviço da empresa de pesca até 1980. 
Decidido a aprender ainda mais, Carlos Sarabando voltou aos estudos. Em 1956, já com 17 anos matriculou-se na Escola Comercial e Industrial de Aveiro e tirou o Curso Geral de Comércio. Em dezembro 1965 inscreveu-se como Técnico Oficial de Contas e exerceu a sua atividade em várias empresas da Região até 2012.

Dono de um espírito dinâmico e diligente, Carlos Sarabando foi abraçando vários projetos em Instituições e Associações Culturais, Desportivas e Religiosas do Município: foi sócio fundador do Grupo Desportivo da Gafanha, exercendo os cargos de Presidente do Conselho Fiscal e de Presidente da Assembleia Geral durante vários anos; é Presidente da Assembleia Geral da Cooperativa Cultural e Recreativa da Gafanha da Nazaré desde 1984; foi fundador e Presidente da Direção do Stella Maris – Obra do Apostolado do Mar, tendo preparado o lançamento da 1.ª Pedra do edifício atual; fez parte da Comissão Fabriqueira da Igreja Matriz da Gafanha da Nazaré; foi fundador e é Presidente da Assembleia Geral da Terra Nova – Cooperativa de Radiodifusão e Ação Cultural, SRL desde 1986 até à presente data; é membro do Conselho Fiscal dos Bombeiros Voluntários de Ílhavo desde 2006; é membro fundador do Rotary Clube de Ílhavo e é Presidente da Direção da Filarmónica Gafanhense desde 2006. 
Para além da sua ligação ao Associativismo, Carlos Sarabando foi Presidente da Assembleia de Freguesia da Gafanha da Nazaré (Mandato 2001/2005) e é, desde 2005 até à presente data, 1.º Secretário da Assembleia Municipal de Ílhavo.
O pouco tempo livre de que dispõe, Carlos Sarabando dedica inteiramente à família, que lhe alimenta o espírito e a alma para “continuar a ir mais longe”.

Fonte; Agenda "Viver em...",  de janeiro, CMI
Foto do meu arquivo



Nota: É sempre com agrado que vejo o reconhecimento público da nossa gente, tanto mais se a distinção se refere a amigos próximos, daqueles que vêm desde a infância e juventude, com quem partilhámos brincadeiras, sonhos e sentimentos, mas ainda projetos solidários em prol da comunidade. É o caso do Carlos Sarabando, que conheço desde menino, desde os bancos da escola primária. A nossa amizade tem-se conservado firme através dos tempos e assim continuará, se Deus quiser.
Acompanhei, por isso mesmo, a sua luta pela vida profissional, familiar e social com a preocupação que ele sempre cultivou de imprimir em todos os quadrantes em que se envolveu o respeito pelos outros, pela verdade e pela justiça, numa perspetiva solidária de servir a comunidade humana em que se insere. Numa entrega total, mas continuamente aberta a novos desafios, se preciso for. O Carlos sabe que parar é morrer e por isso não quer esmorecer nem desistir. Um bem-haja pelo muito que tem feito.

Fernando Martins

Comentários