NO MOLHE SUL DA PRAIA DA BARRA



NA RUA COMPRIDA

Na rua comprida
há gente que passa
e para
Há gente que corre
e conversa
Há gente de olhares distantes
e frios

Na rua comprida
há gente sozinha
e acompanhada
Há gente que procura
no murmúrio
a paz há tanto perdida

Na rua comprida
há gente triste
e alegre
Há gente que sonha
e acredita
que a vida
com alguém
é sempre mais bonita

Comentários