GAFANHÕES NA PRIMEIRA GRANDE GUERRA

Os meus amigos podem enviar-me 
as informações que possuírem

Há tempos, dei comigo a pensar nos gafanhões que participaram na Primeira Grande Guerra de 1914-1918. Tinha ouvido rumores de que não foram poucos os que tiveram de partir, forçados, para a guerra. Tentei algumas diligências, através de serviços que eu supunha terem registos de quem foi e de quem regressou, mas dei com o nariz na porta. Em Lisboa, por exemplo, para confirmar o que quer que fosse, tinha que levar elementos identificativos dos eventuais combatentes naturais da nossa terra. Não os tinha. Ainda tentei, mas pouco encontrei.
Em contacto com alguns amigos, ao sabor do vento, nomeadamente, com o antigo presidente da Junta de Freguesia Mário Cardoso, lá se conseguiu registar um ou outro nome, alguns ainda sujeitos a confirmação.
Aqui ficam os seus nomes, na esperança de outros se consigam com a ajuda dos meus amigos:

João Maria Garrelhas, n. 19-8-1891; f. 23-10-1977;

João Ramos Luzio;

João Maria Ferreira (o Bicho);

Manuel Maria Nunes;

Bernardino Soares;

Manuel da Cruz Ramos;

Manuel Palhais Cravo (o ti Catarréu). Nasceu em 1893 e faleceu, repentinamente, a 7/11/1960. Fez as campanhas de África durante a 1.ª Guerra Mundial e foi dado com inapto para continuar, devido à perfuração dos tímpanos provocada pelo troar dos canhões, regressando então a casa, tendo casado entretanto! Depois de terminada a guerra, emigrou para França para participar na sua reconstrução. (Dados fornecidos por Armando Fidalgo Cravo, seu filho)

José Filipe, conhecido por Guincho. Faleceu pouco depois do regresso de França, com perturbações provocados pelos gases que o atingiram. 

José Francisco da Rocha Júnior



O Rubem da Rocha Garrelhas teve a gentileza, que agradeço, de me enviar a foto do seu avô materno, José Francisco da Rocha Júnior que participou na primeira Grande Guerra de 1914-1918, e que eu conheci pessoalmente. Tratava-se de um meu vizinho e parente, embora afastado, como o atesta o apelido Rocha. Haverá mais fotos de outros gafanhões, porventura guardadas nas arcas, que também participaram nessa guerra e que eu gostaria de recolher para memória futura. Fico à espera que mas enviem.

O Avô de Manuel Cardoso Ferreira, da Gafanha da Encarnação, cuja foto aqui incluo, também participou na Guerra.

Mais notas sobre o avô do Cardoso Ferreira:

«Augusto Roque nasceu na Gafanha da Encarnação, no dia 13 de Dezembro de 1895, e faleceu nessa mesma localidade no dia 5 de Outubro de 1980. Integrou o corpo expedicionário português que participou na Primeira Guerra Mundial em terras francesas. Era meu avô.




O avô do Cardoso é o sentado ao  centro

Comentários