quarta-feira, 20 de agosto de 2014

OS CHAMADOS "RETORNADOS"

Embarque no porto de Luanda (foto do OBSERVADOR)


No OBSERVADOR li um pouco da longa história dos que há 40 anos regressaram ao país das suas origens  [Portugal]. Não sei se a história já conseguiu identificar o número, mas fala-se em mais de um milhão. Muitos chegaram  com a roupa que traziam vestida e com uns trocos que o Governo lhes deu. Bastantes necessitaram de alojamento e alimentação, mas muitíssimos souberam adaptar-se e lutar com êxito pelo sucesso, mostrando enorme força de vontade e de capacidade. Foram exemplo para os acomodados que em Portugal sempre existiram. «Chamaram-lhes desalojados, regressados, repatriados, fugitivos, deslocados ou refugiados. Finalmente, em meados, de 1975 tornar-se-ão retornados. O nome colou-se-lhes. Ficaram retornados para sempre. Como se estivessem sempre a voltar.»

Sem comentários:

destaque

JUSTIÇA SOCIAL - UMA LUTA DE TODOS OS DIAS

Celebra-se hoje, 20 de fevereiro, o Dia Mundial da Justiça Social, criado precisamente há 11 anos pela Assembleia Geral das Nações Un...