Acesso à internet na escola?


Tito de Morais e audiência de estudantes atentíssimos

«Quanto ao acesso à internet na escola, ele é inevitável. A escola é chamada a ajudar os alunos a desenvolverem as suas competências e a ensiná-los a distinguirem os exemplos “inspiradores” dos “destruidores” que as tecnologias apresentam.
Na opinião de Tito de Morais, o Ministério da Educação não deve cortar os acessos a determinados serviços da internet, nos horários por si estipulados. Serão as escolas que, na sua autonomia, deverão gerir os acessos dos diversos elementos da comunidade escolar.
A internet pode ser um risco ou um meio excelente de trabalho, de conhecimento e de socialização. Tudo depende da forma como a quisermos usar. A decisão depende de cada um, enquadrado pela escola, pela família e pelos amigos.»

Ler ainda Temos uma “audiência invisível” na internet, texto de Teresa Correia

Comentários