Que a Comunidade Religiosa seja família

D. António Francisco, 
2 de fevereiro, 
Sé de Aveiro,
Semana dos Consagrados



«Que a Comunidade religiosa seja família onde se sente o afecto do acolhimento, o espaço do diálogo, a alegria da proximidade. Na Comunidade religiosa deveis procurar e encontrar a atenção de todas as horas, o sabor da amizade sã, a aprendizagem da gratidão, o valor suave da delicadeza, a mão que se estende, o sorriso que se entrelaça, o bem comum que se quer e se procura.»

Ler mais aqui

Comentários