BORDA D’ÁGUA

O Verdadeiro Almanaque


O meu filho João Paulo gosta de passar pelas feiras para saborear o ambiente de compras e vendas de tudo e mais alguma coisa. Um dia destes foi à Feira das Palhaça, e dela ofereceu-me um relato vivo do espetáculo em que o povo é ator fundamental. Ator no ato de sair do ramerrão de quotidianos de trabalho duro para regatear o que quer comprar, mas também para degustar uns petiscos tipo bifanas e churrascos em mesas corridas, tudo regado com vinho da pipa ou cerveja fresca. 
O meu João gosta de apreciar porque no fundo não vai lá comprar nada, penso eu. Contudo, não foge à regra de adquirir o BORDA D’ÁGUA, “O Verdadeiro Almanaque”, que se publica há 85 anos, com uma tiragem de 100 mil exemplares, para me oferecer. Pelo que se sabe, o povo gosta do BORDA D’ÁGUA pela inúmera informação direcionada para agricultores sobre sementeiras, plantações, enxertias e colheitas. Mas tem muitas outras curiosidades.
Tenho cá um palpite que o meu filho me oferece o almanaque para me seduzir para a jardinagem e horticultura, pois me lembra logo que em janeiro é tempo de semear favas, ervilhas, alface e rabanetes, entre outros vegetais e não só. E diz mais, agora sobre o jardim, que é chegada a hora de semear begónias, sécias, amores-perfeitos e… até paciências, flor de que nunca tinha ouvido falar.
O almanaque indica as luas, os feriados e festividades, sem esquecer as recomendações astrológicas, decerto para brincar, julgo eu, que não acredito nessa “ciência” dos signos e afins.
A propósito disso, a diretora Célia Cadete diz, no "Juízo Final", que 2014 terá «um inverno áspero mas pouco frio; a primavera  húmida, o verão quente e o outono temperado». Quanto ao inverno, já falhou um pouco, porque eu sinto um frio enorme, e quanto à primavera fico à espera para confirmar. Sobre o verão e outono, nem vale a pena ter dúvidas, pois teremos o calorzinho .da praxe, logo seguido da estação que nem é carne nem peixe.
A diretora garante que os nascidos em 2014 serão de «estatura mediana com olhos pequenos e atrativos, testa larga e alta, mãos esbeltas e dedos compridos». Vou ficar atento.
Bom ano.



Comentários