Obra da Providência

Maria da Luz Rocha


Neste mês, em que se assinala o primeiro aniversário do Fórum Municipal da Maior Idade e em que apresentamos aos nossos leitores uma Agenda renovada, dedicamos esta nova rubrica da Agenda de Eventos “Viver Em...”, “Associações”, à Obra da Providência, a mais antiga entidade parceira do Fórum.
A Obra da Providência, Instituição Particular de Solidariedade Social, nasceu espontaneamente em 1953, na Gafanha da Nazaré, graças ao empenhamento de duas mulheres, a D. Maria da Luz e a D. Belinha, que dedicavam grande parte do seu tempo a ajudar os mais desfavorecidos.
O objetivo era o de dar apoio a jovens vítimas de rejeitação familiar e violência doméstica, da prostituição e de outras situações sociais problemáticas, sendo um grande número de mães adolescentes. Denominada na altura de Lar da Providência, as fundadoras procuraram desde o início que a marca caraterística desta casa fosse o ambiente de acolhimento e de liberdade. Procuraram também manter um grupo pequeno para assegurar um ambiente familiar. 


O processo de reintegração na sociedade desenvolvia-se em regime de internato aberto, o que supunha que as utentes manifestassem vontade expressa de uma mudança nas suas vidas, que mantivessem consigo os seus filhos e que, gradualmente, restabelecessem os seus laços familiares.
Com o 25 de abril de 1974 surgiram outras condições sociais e o lar deixou de funcionar, continuando aquele trabalho em regime externo e em colaboração com outras Instituições. Em consequência, a Obra da Providência colocou as instalações do Lar que encerrou à disposição da Comunidade e assim se iniciou o trabalho na área da infância com as Valências de Creche, Jardim de Infância e, mais tarde, ATL, sendo esta última resposta pioneira no Distrito de Aveiro e caso de estudo a nível nacional pela forma inovadora como desenvolvia o trabalho. Mais tarde, desenvolveu também de forma pioneira na Gafanha da Nazaré um trabalho na área da terceira idade, através do Apoio Domiciliário a trinta e cinco utentes, o qual se manteve em funcionamento largos anos. 
Como curiosidade dizemos que esta resposta social foi iniciada com o auxílio de uma bicicleta, com a qual se fazia o transporte das refeições e o acompanhamento dos idoso. Estava-se no tempo em que não existiam subsídios para compra de viaturas. Esta atividade foi transferida para o Centro Social Paroquial da Gafanha da Nazaré, logo que se completou a construção do Lar.
Em 2008, a Obra da Providência integrou com outras entidades o Atendimento Social Integrado, localizado no rés do chão do edifício da Câmara Municipal de Ílhavo, espaço inovador a nível social, onde os munícipes podem tratar de todos os assuntos relacionados com a área social.
Atualmente, a Obra da Providência tem como valências a Creche, o Jardim de Infância e o Espaço Sénior, com 40, 44 e 17 utentes respetivamente. É também no âmbito deste último que ocupa, ao longo dos últimos 19 anos, muito do seu tempo, gerindo o trabalho desenvolvido por alguns idosos na recuperação e confeção de peças de vestuário, que estão disponíveis no seu inovador projeto “Loja Social”, e dando igualmente apoio na dinamização das diversas atividades de carácter lúdico, que propiciam momentos de convívio entre os utentes. 
Nesta vertente ocupam, desde a primeira hora, lugar no Fórum Municipal da Maior Idade todas as terças, quartas e quintas-feiras, partilhando e dinamizando atividades, experiências e vivências com os demais utentes deste espaço.
Sessenta anos volvidos sobre a sua criação, a Obra da Providência continua a ter como primeiro objetivo estar atenta às necessidades da Comunidade. Como projetos mais imediatos, está a procurar implementar um Centro de Apoio Familiar e Parental (CAFAP), aguardando neste caso resposta da parte da Segurança Social, e continuar a remodelação e ampliação das suas instalações.

Rua Camilo Castelo Branco, 52
3830-582 Gafanha da Nazaré

Tel.: 234 361 153

Presidente da Direção
Eduardo Arvins

Fonte: Agenda “Viver em…” da CMI

Comentários