Dia Mundial da Diabetes

14 de novembro

Frederick Banting


«No âmbito da Comemoração do Dia Mundial da Diabetes (14 de novembro), a Câmara Municipal de Ílhavo, a convite da Direção-Geral de Saúde, vai assinalar a data, iluminando a azul a cúpula do edifício da Câmara Municipal, entre os dias 12 a 19 de novembro, promovendo desta forma simbólica a reflexão sobre o aumento da doença em todo o mundo.
Criado em 1991 pela International Diabetes Federation (IDF) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Dia Mundial da Diabetes tem como objetivo alertar, informar e implementar medidas concretas e adequadas que impliquem todas as pessoas com diabetes, familiares, grupos e decisores políticos e sociais e profissionais de saúde.
A celebração da data tornou-se, no ano de 2007, dia oficial de saúde da ONU após aprovação das Nações Unidas em dezembro de 2006.
De referir que o Dia Mundial da Diabetes é comemorado a 14 de novembro, em memória do dia de aniversário de Frederick Banting, que, juntamente com Charles Best, criou a primeira ideia que levou à descoberta da insulina em 1922.»

Li na CMI

NOTA: Também sou diabético tipo 2. Não me dou a injeção de insulina, mas tenho de tomar um comprimido diário. Hoje fui atendido na USF Beira-Ria, Gafanha da Nazaré,  para a habitual consulta  sobre esta minha doença. Minha e de um sem-número de diabéticos que nem sequer sabem que o são. Confesso que tenho recebido nestas consultas preciosos conselhos para poder viver sem os malefícios que a diabetes pode provocar. Conselhos que vêm das enfermeiras que me atendem, com simpatia,  e que não se cansam de me orientar sobre o que comer e não comer, e sobre a necessidade de fazer exercício físico. Tudo depois é reforçado com a médica, acolhedora e experiente,  que tece as considerações finais. 
Confesso que às vezes abuso um pouco, sobretudo em ambientes festivos onde a doçaria aparece com fartura,  e sofre a falta de caminhadas ou pedaladas. Mas confirmo que, consulta após consulta, vou assimilando que o essencial tem  realmente de ser seguido, com rigor e consciência, para poder viver com dignidade o tempo que me resta para andar por este mundo, que não é um vale de lágrimas nem um desterro como reza uma conhecida oração. A vida está cheia de beleza e de coisas boas, apesar das crises que de tempos a tempos nos irritam, mas que hão de ir com o vento que abunda por aqui. Muita saúde para todos... 

Comentários