"É uma vergonha", diz o Papa Francisco

 “enésimo trágico naufrágio”



«O Papa Francisco lembrou hoje no Vaticano as vítimas do “enésimo trágico naufrágio” que aconteceu ao largo da ilha italiana de Lampedusa, considerando que este incidente é uma “vergonha”.
“Ocorre-me a palavra vergonha. É uma vergonha”, disse, durante uma audiência concedida aos participantes num encontro promovido pelo Conselho Pontifício Justiça e Paz (Santa Sé), no 50.º aniversário da encíclica ‘Pacem in terris’, de João XXIII.
Pelo menos 93 imigrantes morreram quando a embarcação onde viajavam naufragou ao tentar chegar a Lampedusa e entre os mortos estão quatro crianças; mais de 250 pessoas que se encontravam a bordo continuam desaparecidas.»

Ler mais aqui

Comentários